Supertaça marcada por polémicas arbitrais: 14 cartões no clássico em Aveiro

  1. O Benfica venceu o FC Porto por 2-0 na Supertaça
  2. Luís Godinho assinalou 40 faltas durante o jogo
  3. Foram mostrados um total de 14 cartões: 12 amarelos e dois vermelhos
  4. Sete jogadores de cada equipa foram amarelados
  5. Pepe e Sérgio Conceição, do FC Porto, foram expulsos
  6. Sérgio Conceição recusou-se a abandonar o campo após a sua expulsão

O Benfica triunfou sobre o FC Porto por 2-0 na Supertaça, mas o jogo foi tudo menos placido. O clássico, disputado em Aveiro, teve a sua quota parte de polémicas de arbitragem, com o árbitro Luís Godinho em foco.

Luís Godinho assinalou um total de 40 faltas durante o encontro. Mas o que realmente destacou a sua performance foram os cartões: 12 amarelos e dois vermelhos. Houve igualdade no critério disciplinar, já que sete jogadores de cada equipa foram amarelados. Ristic, João Mário, Kokçu, Bah, João Neves, Chiquinho e Vlachodimos foram os advertidos pelo lado do Benfica, enquanto Danny Namaso, Pepe, Pepê, Eustaquio, Zaidu, outro Pepe e o próprio treinador, Sérgio Conceição, viram o cartão pelo FC Porto. Notavelmente, dois dos cartões mostrados foram vermelhos, e ambos foram para o lado do FC Porto: primeiro para Pepe, depois para Sérgio Conceição.

A partida entrou em ebulição nos momentos finais, a seguir às expulsões de Pepe e Sérgio Conceição. Este último inclusive recusou-se a abandonar o campo, uma situação que gerou controvérsia e debates pós-jogo. Apesar das polémicas, o Benfica conseguiu assegurar a vitória e o título da Supertaça.

Hélder Cristóvão renova pelo Penafiel até 2025

  1. Hélder Cristóvão renova contrato com o Penafiel até 2025
  2. Treinador conseguiu manter o Penafiel na II Liga na última época
  3. Carreira de destaque como jogador, com 35 internacionalizações pela seleção
  4. Passou por equipas como Benfica B, Al-Nassr e FC DAC 1904