Benfica é o clube que mais lucrou com o Programa de Benefícios para Clubes do Mundial

  1. Benfica, FC Porto e Sporting são os clubes que mais lucraram com o Programa de Benefícios para Clubes do Mundial do Catar, recebendo mais de 1,5 milhões de euros cada
  2. OBenfica foi quem mais lucrou, com 1.756.248,6 euros
  3. Além dos 'três grandes', o SC Braga e o Boavista também receberam valores menores

A FIFA divulgou, esta quinta-feira, o relatório sobre o Programa de Benefícios para Clubes do Mundial do Catar, revelando os valores distribuídos aos clubes que cederam jogadores para as seleções participantes. Ao todo, foram repartidos 187 milhões de euros entre os clubes portugueses.

O Benfica lidera a lista como o clube que mais lucrou, juntamente com o FC Porto e o Sporting, recebendo cada um mais de 1,5 milhões de euros. O clube encarnado teve seis jogadores convocados para o Mundial, incluindo nomes como João Mário, Nicolás Otamendi e Gonçalo Ramos.

Além dos 'três grandes', outros clubes portugueses também receberam uma fatia do bolo. O SC Braga recebeu 339.941,4 euros e o Boavista recebeu 152.810 euros.

A nível global, o Manchester City e o Barcelona foram os clubes mais beneficiados pelo Programa, recebendo 4.115.886,7 euros e 4.064.417,1 euros, respetivamente.

Sporting celebra aniversários de dois ícones do clube

  1. Nuno Mendes, defesa do PSG, completa 22 anos
  2. Hilário Conceição, o jogador com mais jogos pelos leões (474), celebra 85 anos
  3. Nuno Mendes provocou autogolo na vitória de Portugal sobre a Chéquia
  4. Hilário Conceição representou o Sporting durante 15 temporadas, de 1958 a 1973

Francisco Conceição repete feito histórico do pai Sérgio Conceição na estreia de Portugal no Euro'2024

  1. Francisco Conceição marcou o golo da reviravolta (90+2') na vitória de Portugal sobre a República Checa (2-1) na estreia do Euro'2024
  2. Sérgio Conceição, pai de Francisco, também marcou na estreia de Portugal num Europeu, em 2000 (hat-trick vs Alemanha)
  3. Esta foi a segunda vez na história que um par de pai e filho marcaram num Campeonato da Europa de seleções
  4. Francisco Conceição entrou aos 90 minutos e marcou aos 92', dando uma 'cambalhota' no golo decisivo