Oceano Cruz elogia Mehdi Taremi: 'Um dos mais competitivos que tive o prazer de descobrir'

Oceano Cruz, ex-futebolista do Sporting e mais de 50 vezes internacional português, deixou rasgados elogios a Mehdi Taremi, jogador com quem trabalhou durante os vários anos em que foi adjunto de Carlos Queiroz na seleção do Irão e que, recordou, descobriu.

Taremi chegou à seleção do Irão em 2015, precisamente sob o comando de Queiroz. E Oceano lembrou o processo que levou à descoberta do avançado. «Na ressaca do mundial do Brasil, quando lançámos a operação de identificação de talento para aquela seria a matriz do futuro Irão, para os Mundiais da Rússia e do Qatar montámos base em Teerão e lançámos a tarefa. Vimos centenas de jogos e observámos ainda mais jogadores. Alguns nomes que aí estão? Beiranvand, Majid, Morteza, Ramin, Chezmi, Gholizadeh, Torabi, Hossein Kanaani, Sardar, Milad, Saman Ghoddos, Payam Niazmand, Major Hosseini, Nourollahi, e tantos outros.»

O técnico de 60 anos explicou o que no entender dele distingue o avançado do FC Porto e lhe permite fazer a diferença onde quer que esteja. «A questão é que o Taremi ama o jogo, adora o que faz. E foca-se nisso. É um atleta exemplar. Tem uma ética de trabalho perfeita e é a síntese ideal para o sucesso individual: agarrou as oportunidades, assumiu sempre o trabalho proposto e focou-se em querer sempre mais. E como definiu como objetivo jogar ao mais alto nível, o clube que o tiver terá retorno assegurado. Até porque cada vez mais isso dos 30 anos, isso da idade, é coisa do passado», apontou.

Oceano Cruz acredita que Taremi é um jogador de rendimento assegurado e destaca a sua competitividade como uma das suas melhores características. Ele elogia a ética de trabalho perfeita do avançado e acredita que a idade não é mais um obstáculo para o sucesso no futebol. Com mais de 50 internacionalizações por Portugal, Cruz conhece bem o mundo do futebol e considera Taremi como um dos jogadores mais competitivos que já descobriu e treinou.

Taremi tem sido um destaque no FC Porto desde que chegou ao clube na última temporada. O avançado iraniano mostrou-se eficiente na frente de ataque, marcando golos importantes e contribuindo para o sucesso da equipa. Agora, aos 30 anos, há especulações sobre o futuro de Taremi no clube português, mas Oceano Cruz acredita que o jogador ainda tem muito para oferecer e que o seu rendimento está garantido. Para Cruz, a idade é apenas um número e Taremi continuará a brilhar onde quer que esteja.

Os elogios de Oceano Cruz mostram a admiração e respeito que o avançado iraniano conquistou ao longo da sua carreira. Com um profissionalismo exemplar e uma atitude competitiva, Taremi é um jogador que qualquer clube gostaria de ter no seu plantel. Resta agora saber qual será o futuro de Taremi no FC Porto e se o clube irá aproveitar todo o seu talento nos próximos anos.

José Maia nomeado para liderar área de scouting do FC Porto

  1. Carreira de José Maia sempre ligada ao futebol
  2. Entrada no mundo do «scouting» por convite do Sparta de Praga
  3. «O trabalho de um «caça-talentos» não se limita à observação de jogos, equipas e jogadores», diz José Maia
  4. Falta determinar diretor para o futebol feminino no FC Porto

FPF alerta Governo sobre impacto da revogação de manifestações de interesse na inscrição de jogadores estrangeiros

  1. A FPF alertou o Secretário de Estado do Desporto, Pedro Dias, sobre o impacto da decisão de acabar com a manifestação de interesse na regularização de estrangeiros
  2. As janelas de inscrição têm apenas 12 semanas no verão e 4 no inverno
  3. O governo considera que a possibilidade de regularização de imigrantes através de manifestação de interesse foi uma 'medida irrefletida'
  4. A FPF está a recolher informações sobre as mudanças para informar os clubes que pretendem contratar jogadores estrangeiros