Aloísio apoia candidatura de Villas-Boas: "Os ciclos acabam para toda a gente"

  1. Aloísio apoia a candidatura de André Villas-Boas à presidência do FC Porto.
  2. Ele sugere que o clube precisa de uma mudança e renovação de ideias.
  3. Aloísio defende a valorização dos profissionais das camadas jovens do clube.
  4. Ele acredita que os treinadores da formação do clube recebem remunerações baixas e que a qualidade na formação é insuficiente.

Aloísio, um jogador histórico do FC Porto, defendeu a candidatura de André Villas-Boas para a presidência do clube, expressando a sua opinião de que o clube precisa de uma mudança e renovação de ideias. Em entrevista à Bola Branca, Aloísio afirmou: "Tenho um grande respeito pelo presidente, mas os ciclos acabam para toda a gente. Apareceu um opositor a pensar diferente... Talvez o FC Porto precise de uma mudança e de uma renovação de ideias. Talvez seja este o momento para que isso aconteça e a pessoa mais indicada seria o André, pelo conhecimento que tem do clube".

Aloísio também abordou a questão da formação do clube, defendendo a valorização dos profissionais das camadas jovens. Ele argumentou que as remunerações dos treinadores são baixas e que a qualidade na formação é insuficiente. Aloísio explicou: "Ao nível da formação, se se quer criar jogadores para que depois o clube possa vendê-los, tem que se valorizar os profissionais das camadas jovens. E não se faz isso. As remunerações dos treinadores são baixas. Não se tem qualidade na formação. Por isso, é difícil um jovem da equipa B ou dos juniores ser visto como uma referência na equipa principal. Seria uma das mudanças".

Aloísio, que representou o FC Porto como jogador entre 1991 e 2001, conquistando vários títulos, incluindo sete campeonatos, cinco Taças de Portugal e sete Supertaças, expressou o seu desejo de ver uma renovação no clube por parte de Villas-Boas.