Schjelderup quer justificar aposta do Benfica e Di María é boa notícia

Dois minutos: um no campeonato e um na Liga dos Campeões. Este foi o saldo de Schjelderup, de quem o Benfica espera muito para o futuro, nos primeiros meses de águia ao peito. O jovem norueguês quer agora mostrar outra face e ser uma aposta forte na próxima temporada. O extremo está determinado a convencer o treinador Roger Schmidt a dar-lhe mais oportunidades e acredita que será capaz de corresponder às expectativas e justificar o investimento do clube.

Rui Costa, presidente do Benfica, recentemente expressou sua expectativa em relação a Schjelderup e Tengstedt, mas de acordo com informações apuradas pelo Jornal O Jogo, Schmidt tem dado um feedback positivo ao jogador e ele sente-se completamente adaptado ao clube e às ideias do treinador. Schjelderup não se arrepende de escolher o Benfica e continua acreditando que é a melhor opção para se afirmar no futebol europeu.

Com a forte competição por um lugar no onze inicial, o facto de o Benfica não ter autorizado a participação de Schjelderup no Europeu sub-19 foi visto com agrado pelo jogador. Ele vê isso como um voto de confiança por parte do clube, que espera sua participação desde o início da pré-temporada. Para chegar em grande forma, Schjelderup trabalhou duro durante as férias e está determinado a estar na melhor condição física possível. Ele chegou ao Benfica em janeiro com uma lesão na virilha que o afetou nas primeiras semanas, mas agora espera poder mostrar todo o seu potencial.

Além disso, Schjelderup não se preocupa com a chegada de Di María ao Benfica. Pelo contrário, ele vê o argentino como um exemplo a seguir e acredita que pode aprender muito com ele. O objetivo do jogador é conquistar mais títulos e ele acredita que, se der o seu melhor nos treinos, acabará por ganhar um lugar nas contas de Roger Schmidt.

Por outro lado, o jovem extremo Tiago Gouveia também está animado com a renovação de contrato com o Benfica até 2028. Ele expressou orgulho e responsabilidade por fazer parte do clube e está determinado a mostrar sua qualidade e ajudar a equipa a atingir seus objetivos. Gouveia acredita que ganhou mais experiência ao mais alto nível do futebol português durante o seu empréstimo ao Estoril e agora está pronto para mostrar seu potencial no Benfica. Ele fará a pré-temporada com a equipa e está determinado a afirmar-se como jogador da equipa principal.

Em resumo, tanto Schjelderup quanto Gouveia estão confiantes em seu potencial e determinados a se afirmar no Benfica. A chegada de Di María é vista como uma oportunidade de aprendizado e ambos os jogadores estão dispostos a trabalhar duro para conquistar um lugar na equipa. Com o apoio do clube e a confiança do treinador, eles esperam brilhar na próxima temporada e ajudar o Benfica a conquistar títulos.

Comissão de Revisão de Estatutos do Benfica apresenta pontos divergentes da proposta da Direção

  1. Comissão de Revisão de Estatutos do Benfica pediu ao presidente da mesa da Assembleia Geral para incluir a sua proposta na AG extraordinária de sábado
  2. Comissão defende que decisões sobre património do Benfica devem ficar na Assembleia Geral e não na Direção
  3. Proposta da Comissão prevê eleição pelos sócios de uma Comissão de Remunerações para membros da Direção
  4. Comissão quer impossibilitar funcionários do clube de concorrerem aos órgãos sociais
  5. Comissão propõe nova categoria de sócios intermédios (25 votos) e reforço do estatuto dos sócios correspondentes

Auditoria da EY conclui que Benfica não foi lesado em transferências, mas sugere melhorias

  1. Auditoria da EY não encontra situações em que o Benfica tenha sido diretamente lesado
  2. Benfica SAD teve saldo positivo de 97 milhões de euros nas transferências analisadas
  3. Relatório aponta oportunidades de melhoria, como comissões a agentes acima das diretrizes da FIFA
  4. Dificuldade em identificar estrutura acionista e beneficiários finais de algumas entidades que negociaram com o Benfica

Ucrânia leva história da guerra ao Europeu

  1. A Ucrânia divulgou um vídeo emotivo com 13 jogadores a falar sobre a «destruição» e «ocupação temporária» das suas cidades-natal
  2. 17 de junho, estreia da Ucrânia no Europeu contra a Roménia
  3. Anatoly Trubin, do Benfica, é um dos jogadores que fala no vídeo
  4. A Ucrânia conseguiu qualificar-se para o Europeu, apesar da guerra no país