Ucrânia leva história da guerra ao Europeu

  1. A Ucrânia divulgou um vídeo emotivo com 13 jogadores a falar sobre a «destruição» e «ocupação temporária» das suas cidades-natal
  2. 17 de junho, estreia da Ucrânia no Europeu contra a Roménia
  3. Anatoly Trubin, do Benfica, é um dos jogadores que fala no vídeo
  4. A Ucrânia conseguiu qualificar-se para o Europeu, apesar da guerra no país

Antes do arranque da sua participação no Campeonato da Europa, a 17 de junho contra a Roménia, a seleção ucraniana divulgou um vídeo emotivo. Treze jogadores, entre os quais o guarda-redes do Benfica Anatoly Trubin, natural de Donetsk, falaram sobre a «destruição» e «ocupação temporária» das suas cidades-natal, todas atingidas pelos ataques do exército russo.

«As nossas cidades adorariam receber o Euro, mas estão a lutar pela liberdade», afirma a mensagem da Federação Ucraniana de Futebol. Apesar da guerra que assola o país, a Ucrânia conseguiu qualificar-se para a fase final do Europeu, numa demonstração da resiliência do povo ucraniano.

Jogadores como Mykhailo Mudryk, Andriy Lunin ou Oleksandr Zinchenko, entre outros, recordam nas imagens as suas cidades-natal, onde cresceram e agora enfrentam a devastação da guerra. «A nossa maior ambição é vencer o Campeonato da Europa e dedicar essa conquista ao nosso povo que sofre», vincou um dos futebolistas ucranianos.

Benfica B vence Belenenses por 1-0 em jogo-treino

  1. Benfica B vence Belenenses por 1-0 em jogo-treino
  2. 05 de julho
  3. 19 anos
  4. «este jogo-treino foi importante para avaliar o estado da equipa e testar algumas ideias táticas» - Nélson Veríssimo, treinador do Benfica B

Franco Cervi defrontou o Benfica num jogo de pré-época

  1. Cervi representou o Benfica durante cinco temporadas
  2. Conquistou três campeonatos nacionais, uma Taça de Portugal e uma Supertaça Cândido de Oliveira
  3. Fez um total de 159 jogos pelos encarnados, tendo marcado 23 golos e realizado 32 assistências
  4. Deixou o Benfica em 2021 para representar o Celta de Vigo