Amadou Ba-Sy reforça ataque do Vizela

  1. Amadou Ba-Sy, extremo de 22 anos, assina contrato com o Vizela até junho de 2026.
  2. Ba-Sy estava ao serviço do USL Dunkerque, da Segunda Liga francesa.
  3. A contratação de Ba-Sy reforça o ataque do Vizela.
  4. Ba-Sy é conhecido pela sua velocidade e técnica apurada.

O Vizela assegurou a contratação de Amadou Ba-Sy, extremo francês de 22 anos, que assinou um contrato válido até junho de 2026. Ba-Sy estava ao serviço do USL Dunkerque, da Segunda Liga francesa, e chega agora para reforçar o ataque do Vizela.

Com a chegada de Ba-Sy, o Vizela ganha mais opções no setor ofensivo, aumentando a competitividade da equipa. O extremo francês é conhecido pela sua velocidade e técnica apurada, características que certamente irão acrescentar qualidade ao ataque do Vizela.

Em declarações à imprensa, o diretor desportivo do Vizela, afirmou: 'Estamos muito satisfeitos com a contratação de Amadou Ba-Sy. É um jogador jovem, com muito potencial, e acreditamos que irá desempenhar um papel importante na equipa. Estamos confiantes de que ele se irá adaptar rapidamente ao nosso estilo de jogo e contribuir para os nossos objetivos nesta temporada'.

A contratação de Ba-Sy demonstra a ambição do Vizela em reforçar o plantel e lutar por uma boa classificação no campeonato. Com um ataque mais fortalecido, a equipa espera conquistar bons resultados e alcançar os seus objetivos desportivos.

A estreia de Ba-Sy com a camisola do Vizela poderá acontecer já no próximo jogo, onde a equipa enfrentará o seu próximo desafio. Os adeptos do Vizela certamente estarão ansiosos para ver o novo reforço em ação e apoiar a equipa rumo às vitórias.

Nova lei de imigração: o impacto para os clubes portugueses

  1. Mudança na Lei da Imigração afeta inscrição de atletas estrangeiros em Portugal
  2. Novo governo extinguiu processo de manifestação de interesse que facilitava entrada de jogadores
  3. Prazos para obtenção de vistos são incompatíveis com mercado de transferências
  4. Clubes correm risco de ter jogadores contratados mas não inscritos a tempo
  5. Impacto afeta modalidades além do futebol, com basquetebol e hóquei em patins especialmente preocupados

Novo regime de vistos cria dificuldades para clubes portugueses

  1. Nova legislação de imigração torna o processo de inscrição de atletas estrangeiros muito mais moroso
  2. Prazo médio de 3-4 meses para pedidos de vistos, incompatível com mercado de transferências de 2 meses
  3. Clubes correm risco de não conseguir inscrever jogadores a tempo
  4. Impacto negativo não se limita ao futebol, outras modalidades também enfrentam dificuldades