Atletas da formação do FC Porto têm bom desempenho contra rivais de Lisboa

  1. O FC Porto venceu os rivais de Lisboa por seis vezes e perdeu apenas quatro na temporada 2022/23 nas categorias sub-19 aos sub-15.
  2. Filipe Ribeiro destaca a qualidade dos jogadores e a capacidade dos treinadores na formação do FC Porto.
  3. A prioridade da formação é o desenvolvimento dos jogadores, mas também existe o objetivo de lutar pelos títulos.
  4. A equipa B do FC Porto é considerada um importante complemento da formação e o nível competitivo em que se insere é superior ao do campeonato de sub-23.
  5. A passagem direta dos sub-19 para a equipa principal é drástica, e a equipa B desempenha um papel fundamental nesse processo.
  6. A II Liga, onde a equipa B do FC Porto compete, é de maior exigência do que a própria Liga 3.

O FC Porto teve um bom desempenho nos confrontos contra os rivais de Lisboa nas categorias sub-19 aos sub-15, vencendo seis vezes e perdendo apenas quatro na temporada 2022/23. Isso evidencia a qualidade dos jogadores e a capacidade dos treinadores, segundo Filipe Ribeiro, coordenador da formação dos dragões. No entanto, Filipe destaca que os títulos são necessários para comprovar o sucesso da formação portista.

Embora o FC Porto seja reconhecido nacionalmente pela qualidade dos seus jogadores e pela presença nas seleções nacionais, Ribeiro ressalta que nem sempre esse nível é refletido em conquistas. Para ele, a prioridade da formação é o desenvolvimento dos jogadores, mas também existe o objetivo de lutar pelos títulos.

Além disso, o coordenador dos dragões considera a equipa B como um importante complemento da formação. Segundo Ribeiro, a equipa B é uma ponte entre os sub-19 e a equipa principal, e o nível competitivo em que se insere é superior ao do campeonato de sub-23. Ele destaca que a passagem direta dos sub-19 para a equipa principal é muito drástica e que a equipa B desempenha um papel fundamental nesse processo.

Apesar de não contar com uma equipa sub-23, Ribeiro afirma que a II Liga, onde a equipa B do FC Porto compete, é de maior exigência do que a própria Liga 3. Ele destaca que o campeonato de sub-23 tem altos e baixos, mas a equipa B é fundamental para preparar os jogadores para o futebol profissional.

Em resumo, o FC Porto tem apresentado um bom desempenho contra os rivais de Lisboa nas categorias de base, mas Filipe Ribeiro ressalta a importância de conquistar títulos para comprovar o sucesso da formação portista. A equipa B também desempenha um papel fundamental como ponte para a equipa principal, proporcionando uma transição mais suave dos jogadores dos sub-19 para o futebol profissional.

José Maia nomeado para liderar área de scouting do FC Porto

  1. Carreira de José Maia sempre ligada ao futebol
  2. Entrada no mundo do «scouting» por convite do Sparta de Praga
  3. «O trabalho de um «caça-talentos» não se limita à observação de jogos, equipas e jogadores», diz José Maia
  4. Falta determinar diretor para o futebol feminino no FC Porto

FPF alerta Governo sobre impacto da revogação de manifestações de interesse na inscrição de jogadores estrangeiros

  1. A FPF alertou o Secretário de Estado do Desporto, Pedro Dias, sobre o impacto da decisão de acabar com a manifestação de interesse na regularização de estrangeiros
  2. As janelas de inscrição têm apenas 12 semanas no verão e 4 no inverno
  3. O governo considera que a possibilidade de regularização de imigrantes através de manifestação de interesse foi uma 'medida irrefletida'
  4. A FPF está a recolher informações sobre as mudanças para informar os clubes que pretendem contratar jogadores estrangeiros