João Celeri regressa ao Grémio Anápolis após término antecipado do empréstimo ao Paços de Ferreira

  1. João Celeri regressa ao Grémio Anápolis após término antecipado do empréstimo ao Paços de Ferreira
  2. O avançado brasileiro participou em 13 jogos e marcou um golo pelo Paços de Ferreira
  3. A contratação de Pablo Felipe reduziu o espaço de João Celeri na equipa
  4. Esta é a terceira saída no plantel do Paços de Ferreira neste mês

O Paços de Ferreira anunciou oficialmente o fim do empréstimo de João Celeri, de 24 anos, através de um comunicado divulgado esta segunda-feira. O avançado brasileiro regressa assim ao Grémio Anápolis, onde terá a oportunidade de jogar mais minutos e reencontrar o seu melhor futebol.

Desde a sua chegada ao Paços, no mercado de verão, João Celeri participou em 13 jogos, tendo marcado um golo na derrota frente ao Leixões. No entanto, com a recente contratação de Pablo Felipe, o avançado viu o seu espaço reduzido na equipa e decidiu procurar uma nova oportunidade no Grémio Anápolis.

Esta é a terceira saída no plantel do Paços de Ferreira neste mês, juntando-se às saídas do central Robson e do avançado Edmilson.

Acredita-se que João Celeri possa ter um papel importante no Grémio Anápolis, uma vez que irá reforçar o ataque da equipa brasileira. Com a sua habilidade técnica e capacidade goleadora, o avançado poderá contribuir para o sucesso da equipa no campeonato brasileiro.

Os fãs do Paços de Ferreira irão certamente recordar o contributo de João Celeri durante a sua passagem pelo clube, e desejam-lhe o melhor no seu regresso ao Grémio Anápolis.

Famalicão e Leixões empatam na pré-época

  1. Famalicão e Leixões empatam 1-1 em jogo de pré-época
  2. Óscar Aranda marcou de grande penalidade para o Famalicão
  3. Mozino empatou para o Leixões com um livre direto
  4. Este foi o terceiro jogo de preparação do Famalicão

Novo regime de vistos cria dificuldades para clubes portugueses

  1. Nova legislação de imigração torna o processo de inscrição de atletas estrangeiros muito mais moroso
  2. Prazo médio de 3-4 meses para pedidos de vistos, incompatível com mercado de transferências de 2 meses
  3. Clubes correm risco de não conseguir inscrever jogadores a tempo
  4. Impacto negativo não se limita ao futebol, outras modalidades também enfrentam dificuldades