Rafael Brito deixa o Benfica após 14 anos para jogar no Casa Pia: «O que sou devo a este grande clube»

Rafael Brito começou a sua jornada no Benfica aos sete anos de idade e passou por todas as categorias de formação do clube. Durante o seu percurso, o médio destacou-se pela sua habilidade técnica e visão de jogo, tornando-se uma peça fundamental nas equipas de jovens das águias.

Na época passada, Rafael Brito foi emprestado ao Marítimo, onde teve a oportunidade de ganhar experiência ao competir na Primeira Liga Portuguesa. Ao serviço dos insulares, o jovem médio participou em 17 jogos, mostrando o seu potencial e capacidade de adaptação num ambiente profissional.

No entanto, o jogador decidiu não renovar o seu contrato com o Benfica e optou por dar um novo rumo à sua carreira ao assinar pelo Casa Pia. Esta transferência representa um desafio emocionante para o jovem médio, que agora terá a oportunidade de mostrar o seu talento numa equipa que luta pela promoção à Segunda Liga.

Nas redes sociais, Rafael Brito deixou uma mensagem de despedida ao Benfica, expressando a sua gratidão pelo clube que o ajudou a crescer e se tornar no jogador que é hoje. O médio referiu: «Hoje despeço-me do clube que me formou como jogador e como homem. O que sou, devo a este grande clube. Foram 14 anos de aprendizagem, de superação, de sonhos e de conquistas. Agradeço a todos os treinadores, colegas e funcionários que me acompanharam nesta caminhada. O Benfica estará sempre no meu coração.»

O Casa Pia, por sua vez, mostra-se entusiasmado com a chegada de Rafael Brito. Filipe Martins, treinador da equipa, destacou as qualidades do médio e afirmou que o jogador se enquadra perfeitamente na filosofia de jogo da equipa.

A transferência de Rafael Brito para o Casa Pia representa uma nova etapa na sua carreira e uma oportunidade de crescimento e desenvolvimento como jogador. Os adeptos do Benfica certamente ficarão atentos ao percurso do médio, desejando-lhe o melhor nesta nova fase da sua carreira.

Vangelis Pavlidis: o grego que chega ao Benfica

  1. Vangelis Pavlidis, avançado grego de 25 anos
  2. Formado na Amadora, abandonou Portugal em 2011 para jogar no Panathinaikos
  3. Adquiriu a nacionalidade grega e é internacional pela seleção da Grécia
  4. Descrito como um jogador de grande qualidade e versatilidade