Feyenoord garante contratação de avançado japonês pretendido pelo Sporting

  1. Ayase Ueda opta pelo Feyenoord em detrimento do Sporting, devido à participação na Liga dos Campeões
  2. Oavançado japonês custará cerca de 10 milhões de euros ao emblema de Roterdão
  3. OSporting priorizou a contratação de Gyokeres ao invés de Ueda

De acordo com o site 'Voetbal International', Ueda decidiu rumar ao Feyenoord em detrimento do Sporting, uma vez que o clube neerlandês irá disputar a Liga dos Campeões, enquanto os leões estarão na Liga Europa. A presença na principal competição europeia terá sido um fator determinante para a decisão do jovem avançado japonês.

O jogador nipónico, que se destacou ao serviço do Cercle Brugge na última temporada com 22 golos no campeonato, terá um custo de cerca de 10 milhões de euros para o Feyenoord. Este valor supera a proposta do Sporting, que também estava interessado em Ueda.

Apesar de ser um nome referenciado pelos leões, Ueda acabou por ser considerado caro para o rendimento que poderia apresentar. O Sporting terá priorizado a contratação de Gyokeres, deixando o avançado japonês como alternativa.

Com a chegada iminente de Ueda, o Feyenoord reforça assim o seu ataque para a próxima temporada. O avançado japonês traz consigo uma grande capacidade goleadora e deverá contribuir para a luta pelo título dos Países Baixos.

A venda de Ueda representa um importante encaixe financeiro para o Cercle Brugge, que recebeu o jogador por 1,3 milhões de euros no ano passado. O clube belga deverá receber ainda bónus por objetivos alcançados e manter uma percentagem do passe para uma futura venda.

A contratação de Ayase Ueda pelo Feyenoord é um sinal de ambição por parte do clube, que pretende manter-se no topo do futebol neerlandês e ter uma boa participação na Liga dos Campeões. Resta agora aguardar pelo anúncio oficial por parte do emblema de Roterdão.

Hugo Viana recorre para o TAD após suspensão de 17 dias pela FPF

  1. Hugo Viana, diretor de futebol do Sporting, recorreu para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) com pedido de providência cautelar
  2. Viana foi suspenso por 17 dias e multado em 612 euros pela FPF
  3. Vítor Baía, ex-vice-presidente do FC Porto, foi suspenso por 8 dias e multado em 510 euros
  4. As sanções foram aplicadas por ameaças e ofensas à honra, consideração ou dignidade