Everton Felipe obrigado a retirar-se aos 26 anos devido a lesões

  1. Aos 26 anos, Everton Felipe foi forçado a retirar-se do futebol devido a lesões no joelho esquerdo
  2. Everton acusa o Sport de não ter cumprido a renovação de contrato acordada
  3. Everton está a passar por uma fase de depressão após ter terminado a carreira aos 26 anos
  4. O Sport rejeitou proposta de renovação de contrato após lesão de Everton

Aos 26 anos, Everton Felipe viu-se forçado a abandonar o futebol profissional devido a uma sucessão de lesões no joelho esquerdo que o impediram de prosseguir a carreira. O médio brasileiro revela um testemunho emotivo, acusando o seu antigo clube, o Sport, de o ter "abandonado" após não ter avançado com a renovação de contrato que já estava acordada dias antes da sua última lesão.

Contrato renovado, mas não cumprido


Em declarações ao Globo Esporte, Everton Felipe esclareceu os motivos que levaram à não concretização da renovação do seu contrato: «Não avançaram, colocaram-no na gaveta, não cumpriram o que foi acordado e deixaram-me lesionado. Quando fui para São Paulo pensei 'vou avançar com um processo judicial'. Fui fazer exames em São Paulo, com um médico aleatório, para o Sport não dizer futuramente que havia conflito de interesses. E ficou atestado que eu tinha várias lesões no joelho. O Sport disse que não tinha.»


O jovem médio explicou que está a passar por uma fase de depressão: «Nenhum jogador está preparado para se reformar aos 26 anos. Tento manter-me firme, forte, porque sou uma pessoa com muita fé, acredito que nada na vida é por acaso. Só que é difícil... Há dois anos que estou nesta luta.»

Proposta do Portimonense e frustração com o Sport


Everton recordou que, antes da lesão se agravar, chegou a receber uma proposta pública do Portimonense. No entanto, o Sport «propôs-me a renovação do contrato para eu ficar. Assinei, ficou tudo certo, seria uma renovação até o final de 2024.»


Numa despedida amargurada, o ex-jogador atirou: «Aos diretores, presidente do clube naquele momento, que ainda lá estão… vocês acabaram com a vida de um menino de 24 anos, abandonaram-me lesionado. Se não queriam renovar comigo, tranquilo, mas deixarem-me sozinho e lesionado…».

Rúben Dias: "Temos essa experiência, adquirida por cada um nos seus clubes, mas também temos a que ganhamos juntos na Seleção"

  1. Rúben Dias, defesa da Seleção Nacional, falou em conferência de imprensa sobre a convocatória de Portugal
  2. Portugal lidera o grupo da Liga das Nações com 10 pontos