Pinto da Costa recorda Mourinho: 'Do Maniche, vou fazer um craque'

Pinto da Costa iniciou o seu discurso recordando a importância do legado de Sevilha 2003 para o clube, salientando que a vitória só foi possível devido à crença e determinação da equipa. O presidente do FC Porto revelou também algumas curiosidades sobre as contratações que antecederam essa época memorável.

Entre elas, encontra-se a contratação de Mourinho, que inicialmente estava planeada para a época seguinte, mas acabou por ser antecipada. Pinto da Costa mencionou que já nessa altura acreditava no projeto de Mourinho para o clube e revelou ter três jogadores já contratados - Paulo Ferreira, Pedro Emanuel e Maniche. Sobre este último, afirmou que iria fazer dele um craque.

Pinto da Costa partilhou ainda um episódio engraçado relacionado com a confiança inabalável na conquista da Taça UEFA. Depois do jogo contra o Panathinaikos, em Atenas, o presidente afirmou ter acreditado que o FC Porto iria ser campeão. Quando soube que o adversário seguinte seria a Lazio, Pinto da Costa convidou o então primeiro-ministro Durão Barroso para assistir ao jogo. Apesar de algumas resistências, o primeiro-ministro acabou por aceitar o convite. No entanto, momentos antes do jogo, Durão Barroso revelou que os seus assessores não achavam que o FC Porto fosse ganhar e que temiam que a sua presença trouxesse azar. Pinto da Costa tranquilizou-o e garantiu a vitória. Quando Maniche marcou o golo de empate, Durão Barroso ficou tão entusiasmado que saltou mais alto que o próprio presidente do clube.

A mensagem central do discurso de Pinto da Costa foi a importância de acreditar e de estar unido como equipa. O presidente do FC Porto afirmou que, tal como a equipa de Sevilha 2003, todos devem continuar a acreditar no sucesso do clube. Terminou o seu discurso agradecendo aos organizadores do evento, mostrando o seu apoio e dedicação contínuos ao clube.

As palavras de Pinto da Costa relembram uma época histórica para o clube e a confiança depositada em José Mourinho e nos jogadores contratados. Fica o legado de uma equipa unida e determinada a vencer, que ficará para sempre na memória dos adeptos do FC Porto.

Pepe pondera fim de carreira no Brasil

  1. Pepe, de 40 anos, está fora dos planos do FC Porto para a próxima época
  2. André Villas-Boas, presidente do FC Porto, assumiu publicamente a saída de Pepe
  3. Pepe nunca jogou a nível profissional no Brasil
  4. Botafogo, treinado por Artur Jorge, é apontado como principal candidato a contratar Pepe

Wendell antecipa a Copa América com balanço positivo da época do FC Porto

  1. Wendell reconhece que o FC Porto «precisávamos de um pouco mais para lutar pelo campeonato», apesar de terem conquistado a Taça de Portugal
  2. O defesa lamentou a forma como o FC Porto foi eliminado nos oitavos de final da Liga dos Campeões
  3. Wendell elogiou o trabalho do treinador Sérgio Conceição, que «nos ajudou diariamente a sermos melhores e tirou o melhor que temos»
  4. O jogador está «em ótimas condições» para representar o Brasil na Copa América