Slavia Praga admite perder lateral-esquerdo desejado pelo Benfica

O lateral-esquerdo David Jurásek, do Slavia Praga, está sendo cobiçado por vários clubes estrangeiros, e o Benfica é um deles. A possibilidade de Jurásek deixar o clube foi admitida pelo adjunto do Slavia, Jaroslav Kostl, que destacou a dificuldade de encontrar um substituto à altura. Ele descreveu Jurásek como um jogador raro e um diamante do clube. A ausência do jogador nos dois jogos de preparação da equipa na Áustria gerou surpresa e levantou especulações sobre uma possível negociação com o Benfica. No entanto, o clube informou posteriormente que Jurásek estava lesionado e não pôde participar das partidas. Além do Benfica, o RB Leipzig também está interessado no jogador e está disposto a pagar entre €12 e €15 milhões. O Benfica está empenhado em fechar o negócio o mais rápido possível. O Slavia Praga venceu os dois jogos de preparação, contra o Rakow e o Maccabi Haifa, pelo placar de 2-1 em ambos. Durante a partida contra o Rakow, a equipa de arbitragem foi substituída após abandonar o campo de jogo, devido a insultos de um jogador do Rakow ao árbitro. Apesar disso, o jogo foi retomado com 11 jogadores de cada lado. Essa situação incomum também chamou a atenção durante a pré-temporada do Slavia Praga. Resta agora aguardar para ver qual clube conseguirá garantir a contratação de David Jurásek.

Auditoria revela negócios ruinosos do Benfica na contratação e venda de jogadores

  1. Auditoria forense revelou vários casos problemáticos na contratação e venda de jogadores no Benfica
  2. Benfica pagou 1 milhão de euros ao Grêmio Anápolis para contratar Pedro Henrique, mas «ofereceu» o jogador ao Farense sem receber qualquer contrapartida
  3. Yony González fez parte dos quadros do Benfica durante 3 anos sem jogar pela equipa principal, com possível conflito de interesses na transferência
  4. Benfica pagou 600 mil euros pelo avançado paraguaio Cláudio Correa, mas vendeu os direitos do jogador por apenas 520 mil euros, tendo um prejuízo de 80 mil euros

Auditoria revela negócios duvidosos do Benfica

  1. O Benfica pagou 600 mil euros ao Leixões por 75% do passe de Bernardo Martins, conhecido como Benny
  2. Benny realizou apenas 12 jogos pela equipa B do Benfica na temporada 2018/19
  3. Seis meses após a contratação, o Benfica cedeu 35% dos direitos económicos de Benny ao Paços de Ferreira
  4. O Benfica não recebeu qualquer valor quando emprestou o médio Gabriel ao Al-Gharafa do Qatar, tendo ainda pago 300 mil euros em salários

Comissão de Revisão de Estatutos do Benfica apresenta pontos divergentes da proposta da Direção

  1. Comissão de Revisão de Estatutos do Benfica pediu ao presidente da mesa da Assembleia Geral para incluir a sua proposta na AG extraordinária de sábado
  2. Comissão defende que decisões sobre património do Benfica devem ficar na Assembleia Geral e não na Direção
  3. Proposta da Comissão prevê eleição pelos sócios de uma Comissão de Remunerações para membros da Direção
  4. Comissão quer impossibilitar funcionários do clube de concorrerem aos órgãos sociais
  5. Comissão propõe nova categoria de sócios intermédios (25 votos) e reforço do estatuto dos sócios correspondentes

Auditoria da EY conclui que Benfica não foi lesado em transferências, mas sugere melhorias

  1. Auditoria da EY não encontra situações em que o Benfica tenha sido diretamente lesado
  2. Benfica SAD teve saldo positivo de 97 milhões de euros nas transferências analisadas
  3. Relatório aponta oportunidades de melhoria, como comissões a agentes acima das diretrizes da FIFA
  4. Dificuldade em identificar estrutura acionista e beneficiários finais de algumas entidades que negociaram com o Benfica

Ucrânia leva história da guerra ao Europeu

  1. A Ucrânia divulgou um vídeo emotivo com 13 jogadores a falar sobre a «destruição» e «ocupação temporária» das suas cidades-natal
  2. 17 de junho, estreia da Ucrânia no Europeu contra a Roménia
  3. Anatoly Trubin, do Benfica, é um dos jogadores que fala no vídeo
  4. A Ucrânia conseguiu qualificar-se para o Europeu, apesar da guerra no país