Sporting ambiciona chegar longe na Liga Europa

  1. O Sporting está determinado a chegar o mais longe possível na Liga Europa
  2. Coates destaca a ambição de querer sempre mais e de querer ganhar todos os jogos
  3. O capitão ressalta a experiência positiva na última temporada da Liga Europa
  4. O ambiente no balneário é de irmandade e união
  5. Coates se orgulha de ser o capitão do Sporting e destaca a responsabilidade que carrega
  6. O jogador elogia o trabalho feito na Academia do clube para formação de jovens talentos

O Sporting está focado na estreia na Liga Europa, que acontecerá esta quinta-feira contra o Sturm Graz. O capitão Coates expressou a ambição do clube em chegar o mais longe possível na competição. Em entrevista à UEFA, o jogador afirmou: 'Somos um grupo com experiência e sabemos que vai ser muito difícil. Não importa o nome da equipa que vamos enfrentar, todos os jogos serão complicados. Temos obviamente essa ambição de querer sempre mais e de querer ganhar todos os jogos. Vamos tentar chegar o mais longe possível'. Coates também destacou a experiência positiva na última temporada da Liga Europa, onde enfrentaram equipes como Arsenal e Juventus: 'O trajeto foi bom para todos. Acumulámos experiência. Enfrentámos o que era, talvez, o melhor Arsenal de há muito tempo e conseguimos ultrapassá-los. Depois, ficámos com essa sensação de que contra a Juventus podíamos ter obtido outro resultado. Fizemos de tudo, mas depois o mais importante, que é meter a bola lá dentro, não conseguimos...'. Além disso, o capitão também falou sobre a sua satisfação em ser o capitão do Sporting, algo que nunca tinha pensado: 'Nunca pensei que chegaria a um clube tão importante na Europa e poderia ser capitão. Para mim é um orgulho e também uma responsabilidade, não só com os meus companheiros, mas com muitas pessoas que são adeptas do Sporting. Tento transmitir uma imagem de responsabilidade. Os meus companheiros sabem que podem contar comigo'. Coates também ressaltou a união no balneário, afirmando que se sentem como irmãos: 'Sentimos que dentro do grupo somos como irmãos, temos de entrar em campo assim. [Rúben Amorim] focou-se muito em ter um grupo saudável, em que todos nos sintamos como uma família, independentemente da parte tática. Dentro de campo já sabemos muito bem o que temos de fazer'. Por fim, o jogador destacou o trabalho feito na Academia do clube, afirmando que a mesma tem mudado para melhor: 'A Academia está sempre a crescer, a atualizar-se. Há muitas coisas que vão mudando e é necessário que o clube acompanhe, não só para preparar a equipa principal, como os juniores, os sub-23 e a equipa B para que no dia de amanhã esses jogadores possam estar na equipa principal. O clube é grande exemplo disso, há muitos jovens que chegaram à equipa principal e não lhes custou muito adaptar-se à Liga. Hoje são grandes atletas no Mundo. Há que dar muito mérito ao que se vive no dia a dia na Academia'.

Mattheus Oliveira perspetiva mudança para Emirados Árabes Unidos

  1. Após terminar o vínculo contratual com o Farense, Mattheus Oliveira já está a ponderar o próximo passo na sua carreira
  2. Clubes do Khorfakkan e Al Bataeh são 'fortes opções' para receber o ex-jogador do Sporting
  3. Mattheus 'está mais inclinado para rumar aos EAU', pois 'o Dubai apresenta qualidade de vida para o jogador e respetiva família, além da vertente financeira'
  4. Depois de duas épocas no Farense, o brasileiro prepara-se para a primeira experiência no Médio Oriente