Anderlecht prepara-se para reinvestir na venda de Zeno Debast ao Sporting

  1. Anderlecht prepara-se para reinvestir na venda de Zeno Debast ao Sporting
  2. Transferência avaliada em cerca de 18 milhões de euros
  3. Anderlecht quer contratar dois novos jogadores
  4. Zeno Debast assinou contrato por 5 anos com o Sporting

O Anderlecht já se prepara para reinvestir o valor da venda de Zeno Debast ao Sporting. Segundo o CEO do clube belga, Jesper Fredberg, a transferência do jovem central, avaliada em cerca de 18 milhões de euros, permitirá ao Anderlecht contratar dois novos jogadores.

Perdemos um jogador de ponta, começou por referir o dirigente, apontando já a outras metas. Com o montante que fizemos com a venda, podemos contratar dois jogadores, que irão oferecer um valor acrescentado ao nosso plantel, atirou Fredberg, ciente de que não se poderão exceder apesar do encaixe de cerca de 18 milhões de euros. Não podemos reinvestir completamente esse valor, acrescentou o responsável.

Debast, de 19 anos, assinou contrato por cinco temporadas com o Sporting. O jovem central esteve em Portugal, fez os indispensáveis exames médicos, conheceu a Academia onde irá trabalhar nos próximos anos, e voltou à Bélgica para seguir com a sua seleção para o Europeu. Esta será a segunda vez que o jogador irá participar numa grande competição de nações, depois de ter estado presente no Mundial do Catar, embora não tenha sido utilizado.

Apesar da saída de Debast, um dos trunfos do plantel do Anderlecht, Fredberg garante que o clube está preparado para reagir no mercado de transferências e contratar dois novos jogadores que possam acrescentar valor à equipa.

Hugo Viana recorre para o TAD após suspensão de 17 dias pela FPF

  1. Hugo Viana, diretor de futebol do Sporting, recorreu para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) com pedido de providência cautelar
  2. Viana foi suspenso por 17 dias e multado em 612 euros pela FPF
  3. Vítor Baía, ex-vice-presidente do FC Porto, foi suspenso por 8 dias e multado em 510 euros
  4. As sanções foram aplicadas por ameaças e ofensas à honra, consideração ou dignidade