Frederico Varandas assume que época do Sporting “não correu bem” e que o “objetivo é sempre ficar nos dois primeiros lugares”

Na entrevista à Sporting TV, Frederico Varandas admitiu que a época de futebol 2022/23 do Sporting “não correu bem” e reforçou que o objetivo para a próxima época é ficar nos dois primeiros lugares. O presidente dos leões destacou que a equipa precisa de ser mais eficaz e que a falta de concretização de jogadas pagou-se caro esta época.

Varandas defendeu ainda o treinador Rúben Amorim, afirmando que ele é o homem certo para continuar à frente do grupo. O presidente do Sporting revelou que Amorim está feliz no clube e que mesmo com o interesse de vários grandes clubes europeus, ele está muito bem onde está.

Sobre outros assuntos em destaque, Varandas mostrou-se contente com a proposta da Federação Portuguesa de Futebol para separar a arbitragem numa estrutura independente. Defendeu também os aumentos salariais na SAD, argumentando que é importante seguir as melhores práticas de mercado.

Em relação ao plantel, Frederico Varandas afirmou que a venda de Manuel Ugarte para o Paris Saint-Germain está quase fechada e que isso evitará a venda de mais jogadores nucleares nesta janela de transferências. Varandas também confirmou que o Sporting tem capacidade para dar os 20 milhões de euros exigidos pelo Coventry para contratar Viktor Gyökeres.

Em suma, Frederico Varandas admitiu que a época não correu bem, destacou a necessidade de ser mais eficaz e reforçou a confiança em Rúben Amorim. O presidente dos leões mostrou-se satisfeito com a proposta da FPF para a arbitragem e defendeu os aumentos salariais na SAD. Quanto ao plantel, Varandas revelou que a venda de Ugarte evitará mais vendas de jogadores nucleares e que o Sporting tem capacidade para ir buscar Gyökeres.

Morten Hjulmand marca golo crucial na estreia da Dinamarca no Euro

  1. Morten Hjulmand marcou o único golo da Dinamarca no empate contra a Inglaterra
  2. Estreia de Hjulmand a marcar pela seleção dinamarquesa em grandes competições
  3. Dinamarca conquistou um ponto importante num jogo difícil
  4. Hjulmand não quis comentar mudanças desde o jogo com a Eslovénia