Jovem ucraniano Artem Haponenko assina contrato de formação com o FC Porto

  1. Artem Haponenko chegou a Portugal fugindo da guerra na Ucrânia, acompanhado pela mãe e pela irmã.
  2. Haponenko integra atualmente o plantel sub-15 do FC Porto e já marcou um golo em dois jogos no Campeonato Nacional de Juniores C.
  3. O sonho de Haponenko é jogar pela equipa principal do FC Porto e atuar no Estádio do Dragão.
  4. Haponenko admira jogadores como Haaland e Mehdi Taremi.

Artem Haponenko, um jovem avançado ucraniano de 14 anos, assinou um contrato de formação com o FC Porto. Chegou a Portugal procurando refúgio da guerra que assola a Ucrânia, acompanhado pela sua mãe e irmã. Após mostrar o seu talento no Ançã FC, Haponenko captou a atenção dos responsáveis do FC Porto e agora integra o plantel sub-15 do clube. Demonstrou a sua qualidade ao marcar um golo em dois jogos no Campeonato Nacional de Juniores C. Este contrato de formação é apenas o primeiro passo na promissora carreira de Haponenko, que sonha em vestir a camisola da equipa principal do FC Porto e atuar no prestigioso Estádio do Dragão.

FC Porto disposto a pagar 15 milhões por Mika Faye do Barcelona

  1. FC Porto disposto a pagar 15 milhões por Mika Faye
  2. Direcção do FC Porto liderada por André Villas-Boas
  3. Barcelona quer dar oportunidade ao novo treinador Hans-Dieter Flick para observar Mika Faye
  4. Barcelona prefere aguardar por outras ofertas apesar do valor do FC Porto ser considerado satisfatório

Francisco Conceição repete feito histórico do pai Sérgio Conceição na estreia de Portugal no Euro'2024

  1. Francisco Conceição marcou o golo da reviravolta (90+2') na vitória de Portugal sobre a República Checa (2-1) na estreia do Euro'2024
  2. Sérgio Conceição, pai de Francisco, também marcou na estreia de Portugal num Europeu, em 2000 (hat-trick vs Alemanha)
  3. Esta foi a segunda vez na história que um par de pai e filho marcaram num Campeonato da Europa de seleções
  4. Francisco Conceição entrou aos 90 minutos e marcou aos 92', dando uma 'cambalhota' no golo decisivo