Sérgio Conceição reflete sobre suas atitudes no banco de suplentes

  1. Sérgio Conceição admitiu que mudaria alguns comportamentos no banco de suplentes
  2. Ele enfatizou que fala o que sente, mas prefere não dizer nada caso contrário
  3. Conceição mencionou a expulsão na Supertaça como um exemplo de um comportamento que ele mudaria
  4. Ele reconheceu que há coisas a melhorar e está em constante aprendizado e mudança

O técnico do FC Porto, Sérgio Conceição, fez uma pequena introspeção durante uma conferência de imprensa, ao ser questionado sobre suas atitudes no banco de suplentes. Inicialmente, ele respondeu de forma humorada, dizendo que deixaria a resposta para um programa de televisão. No entanto, ele logo refletiu sobre o assunto e admitiu que mudaria alguns comportamentos.

Conceição enfatizou que quando fala, diz o que sente, e que prefere não dizer nada caso contrário. Ele afirmou: 'Não sou o mais genuíno possível, mas sou genuíno. Digo o que sinto'. O técnico do FC Porto mencionou a expulsão na Supertaça como um exemplo de um comportamento que ele mudaria, mas ressaltou que é o que é, e que amanhã será o que será.

Além disso, Sérgio Conceição relembrou os desafios que teve que enfrentar ao longo de sua vida, especialmente na adolescência. No entanto, ele deixou claro que isso não pode ser usado como desculpa para suas atitudes. Ele afirmou: 'A minha vida foi uma luta e a dos outros treinadores também foi. Eles também não gostam de perder. Todos gostam de ganhar, mas há uns que sentem de forma diferente e que têm um caráter diferente'.

Conceição reconheceu que há coisas a melhorar e que está em constante aprendizado e mudança como pessoa e treinador. Ele afirmou que respeita muito aqueles que trabalham com ele, seus amigos e sua família, e que tenta ser melhor a cada dia. Ele concluiu: 'Aprendo e mudo todos os dias como pessoa e treinador. Neste processo, em que sou apaixonado pela vida, respeito muito quem trabalha comigo, os meus amigos e a minha família e tento ser melhor. Aceito de bom grado essa evolução pessoal e profissional'.

Hóquei, ciclismo e voleibol destacam-se em dia marcado por outras atividades desportivas

  1. Jogo decisivo das meias-finais do Campeonato Nacional de hóquei em patins entre Benfica e Oliveirense
  2. Volta à Suíça com participação de 3 ciclistas portugueses: Rui Costa, Nelson Oliveira e João Almeida
  3. Seleção nacional de voleibol disputa final da European Silver League contra Finlândia
  4. Termina a conferência Future Stage sobre futebol e desporto, organizada pelo Sporting de Braga