Portugal confiante após vitória sobre República Checa

  1. Equipa confiante após vitória sobre República Checa
  2. Jogo com a Turquia será muito disputado e equilibrado
  3. Seleção portuguesa tem jogadores experientes e de alto nível
  4. Treinador pode fazer alterações táticas para o próximo jogo

Depois da vitória sobre a República Checa, a seleção portuguesa de futebol enfrenta agora a Turquia com uma renovada confiança. O selecionador adjunto, João Tralhão, destacou a importância dos três pontos conquistados na primeira jornada, que deram à equipa a sensação de que é possível ganhar qualquer jogo, mesmo nos últimos minutos.

«Fazer golos e inverter resultados nos últimos minutos dá um sentimento importante de acreditar que é possível virar qualquer jogo. Isso dá ânimo e mantém a equipa focada, se bem que a confiança vem mais da vitória», observou Tralhão à agência Lusa.

Preparação para o jogo com a Turquia


Portugal enfrenta a Turquia no sábado, às 17:00 em Lisboa, no Signal Iduna Park, em Dortmund, Alemanha, para a segunda ronda do Grupo F do Campeonato da Europa. Este será um jogo com características diferentes do primeiro, com a Turquia a ser considerada o adversário mais competitivo da primeira fase.

«Vai ser um duelo com características diferentes do primeiro e Portugal terá pela frente o adversário mais competitivo da primeira fase. Será um jogo muito disputado e equilibrado entre as equipas mais fortes do grupo. Apesar de a Turquia ter atletas de altíssimo nível, acredito que Portugal apresenta condições para ter protagonismo e dominar mais», disse Tralhão.

Experiência da seleção portuguesa


A seleção portuguesa é composta por jogadores altamente experientes e de alto nível no futebol mundial. Tralhão acredita que essa experiência, apesar de ser um fator positivo, pode também afetar o início da competição, com os jogadores a quererem entrar bem e com uma vitória.

«Estamos a falar de atletas altamente experientes e do mais alto nível no futebol mundial. No entanto, este tipo de competição tem algumas características particulares. Apesar da experiência, há sempre um sentimento de querer entrar bem e com uma vitória. Como é óbvio, isso afeta o primeiro encontro de qualquer seleção, mas toda a gente percebe que Portugal tem uma seleção muito experiente.»

Gestão da equipa


Portugal demonstrou capacidade de se adaptar às diferentes estratégias utilizadas pela República Checa, mantendo sempre a sua qualidade de jogo. Tralhão acredita que o selecionador Roberto Martínez pode fazer algumas alterações táticas para o jogo com a Turquia, aproveitando a versatilidade do plantel.

«Portugal reúne um conjunto de jogadores muito homogéneo a nível qualitativo, mas, em termos de características, pode dar diferentes coisas ao jogo. É importante gerir o grupo numa prova tão densa e curta. Não diria que não haverá alterações táticas, até porque o selecionador já demonstrou ao longo do tempo que tem uma variabilidade mais alargada.»

Reforços em destaque no arranque da pré-época do Nacional e do Gil Vicente

  1. Tiago Margarido deu os primeiros minutos de competição a todos os jogadores disponíveis no plantel do Nacional, incluindo os dois novos reforços, Zé Vítor e Nigel Thomas
  2. O Nacional perdeu por 1-4 frente ao FC Porto na preparação, apesar de ter começado a vencer com um golo de José Gomes
  3. O Gil Vicente venceu por 3-0 a sua própria equipa de sub-23, com golos de Santi García, Jorge Aguirre e Kazu
  4. O Gil Vicente estreou-se nesta pré-época, enquanto o Nacional vai regressar à Liga, três anos depois, com uma visita ao Aves SAD