Vangelis Pavlidis: o grego que chega ao Benfica

  1. Vangelis Pavlidis, avançado grego de 25 anos
  2. Formado na Amadora, abandonou Portugal em 2011 para jogar no Panathinaikos
  3. Adquiriu a nacionalidade grega e é internacional pela seleção da Grécia
  4. Descrito como um jogador de grande qualidade e versatilidade

O Benfica garantiu a contratação de Vangelis Pavlidis, avançado grego de 25 anos proveniente do AZ Alkmaar. Para conhecer melhor este reforço, A BOLA falou com Zeca, um português que conviveu de perto com Pavlidis na seleção da Grécia.

Zeca, que joga no Panathinaikos, faz rasgados elogios ao novo jogador do Benfica, destacando a sua qualidade, trabalho e entrega em campo.

Formado na Amadora, internacional grego


Natural da Amadora, Vangelis Pavlidis deixou Portugal em 2011 para rumar ao Panathinaikos, da Grécia. «Conheço-o da seleção há vários anos e posso dizer que é uma pessoa excelente, um excelente miúdo, muito educado e trabalhador, respeitador, sempre pronto para ouvir», afirma Zeca.


Após boas exibições no campeonato grego, Pavlidis adquiriu a nacionalidade grega e passou a ser convocado regularmente para a seleção helénica, tendo conquistado 18 internacionalizações.

Uma mais-valia para o Benfica


Para Zeca, Pavlidis «encaixa mesmo bem no Benfica» e terá condições para lutar pela titularidade. «Tem condições para lutar com qualquer um dos avançados do Benfica pela posição, não fica atrás de ninguém e pela forma como trabalha vai certamente fazer tudo para que seja assim, vai ser um jogador de que os benfiquistas vão gostar.»


O internacional grego é descrito como um jogador «que anda a pedir há um ou dois anos a transferência para uma liga diferente» e que «tem capacidade para jogar numa equipa diferente, com outros objetivos. É um jogador que vai dar frutos, que serve a qualquer equipa.»

Elogios à qualidade e versatilidade


Zeca aponta alguns dos pontos fortes de Pavlidis, destacando o seu «instinto», a forma como «sai a jogar», a sua capacidade de «proteger bem a bola» e ser «bom finalizador, mais com os pés do que com a cabeça».


O jogador do Panathinaikos considera que Pavlidis «sabe aparecer na área, mas também baixa para receber fora da área, procura as combinações com os colegas e depois aparece na área», o que o torna um jogador muito versátil e adaptável.

Adaptação ao Benfica e à pressão


Apesar da mudança para um clube «que tem de ganhar todos os jogos ao Real Madrid, que não aceita um empate», Zeca acredita que Pavlidis «se adaptará rapidamente».


«Vai para uma realidade completamente diferente, mas acredito que se adaptará rapidamente. Também dependerá da estreia dele, porque é diferente começar bem e mal, sentir imediatamente o apoio dos adeptos e das pessoas do clube», conclui Zeca.

Benfica B vence Belenenses por 1-0 em jogo-treino

  1. Benfica B vence Belenenses por 1-0 em jogo-treino
  2. 05 de julho
  3. 19 anos
  4. «este jogo-treino foi importante para avaliar o estado da equipa e testar algumas ideias táticas» - Nélson Veríssimo, treinador do Benfica B

Franco Cervi defrontou o Benfica num jogo de pré-época

  1. Cervi representou o Benfica durante cinco temporadas
  2. Conquistou três campeonatos nacionais, uma Taça de Portugal e uma Supertaça Cândido de Oliveira
  3. Fez um total de 159 jogos pelos encarnados, tendo marcado 23 golos e realizado 32 assistências
  4. Deixou o Benfica em 2021 para representar o Celta de Vigo