A importância dos adeptos e dos treinadores de bancada no futebol

  1. O futebol é uma atividade essencialmente simples, com regras-base quase imutáveis
  2. A Chéquia eliminou Portugal de chapéu no Euro-96 e chegou à final
  3. Dois jogadores suplentes fizeram a jogada do golo da vitória de Portugal

A popularidade sem paralelo do futebol e a sua universalidade dependem de três fatores essenciais: simplicidade, regras-base quase imutáveis e muitos milhões de pessoas que o discutem no seu dia-a-dia.

O jogo de estreia de Portugal no Europeu constituiu um excelente exercício para avaliar a terceira condição, a do envolvimento apaixonado dos adeptos e treinadores de bancada.

A análise dos adeptos

Está a jogar com três laterais, disse-se quando foram conhecidos os onzes (se bem que sobre o da Chéquia poucos de nós saberiam ou saberão, ao contrário, espera-se, do Selecionador Nacional); Que grande risco jogar sem um trinco, sem o Palhinha, acrescentou o autor.

O Cristiano Ronaldo e o Pepe já não deviam estar aqui, tem-se ouvido desde antes do Europeu. Ainda jogam todos para o Ronaldo, acrescentou-se.

As críticas aos treinadores

Este homem nunca mais mexe na equipa, parece o Roger Shmidt no Benfica!, desabafava-se à medida que o relógia andava e Portugal não vencia.

Que golo de sorte, gritou-se com o empate, que resultou de autogolo. Nota de outro adepto: Azar — se eles jogam com dez dentro da área sujeitam-se a um deles acertar na bola para o lado errado.

O mérito dos treinadores

Roberto Martínez acreditou num sistema de jogo. Os treinadores de bancada não terão dado pelas primeiras substituições, visto que a ideia do Selecionador se manteve inalterável. Era bom recordar que a Chéquia, outrora República Checa, nos eliminou de chapéu do Euro-96, chegando depois à final, e tem marcado presença regular nas grandes competições.

Quando todos desesperavam na entrada para o período de compensação, entraram dois jokers que construíram a jogada do golo da vitória. Que sorte do outro Mundo!, clamou-se. Claro que há felicidade nestas escolhas e no acerto em poucos minutos. Mas elas foram feitas por alguma razão.

Benfica B vence Belenenses por 1-0 em jogo-treino

  1. Benfica B vence Belenenses por 1-0 em jogo-treino
  2. 05 de julho
  3. 19 anos
  4. «este jogo-treino foi importante para avaliar o estado da equipa e testar algumas ideias táticas» - Nélson Veríssimo, treinador do Benfica B