Di María empata para os encarnados a passe de Rafa

  1. Ángel Di María empatou o jogo aos 29 minutos
  2. O Benfica enfrentou muitas dificuldades na primeira parte
  3. Rafa fez um passe brilhante para Di María marcar o golo do empate

No jogo da 17.ª jornada da Liga, o Benfica teve um início bastante desafiador contra o Rio Ave. A equipa encarnada estava a sentir muitas dificuldades para criar oportunidades de golo e controlar o jogo. No entanto, aos 29 minutos, surgiu uma jogada de génio que mudou o rumo da partida. Rafa fez um passe brilhante para Ángel Di María, que não desperdiçou a oportunidade e empatou o jogo. Foi um momento crucial que trouxe esperança aos adeptos benfiquistas e mostrou a qualidade individual dos jogadores encarnados.

Di María, que é conhecido pela sua habilidade técnica e velocidade, demonstrou mais uma vez o seu valor e a importância que tem para a equipa. O argentino recebeu o passe de Rafa e, com um toque sublime, encontrou o fundo das redes do Rio Ave. Foi um golo de belo efeito, que mostrou a classe e o talento de Di María.

Apesar do empate, o Benfica continuou a lutar e a pressionar o Rio Ave em busca da vitória. A segunda parte foi intensa, com ambas as equipas a criarem oportunidades de golo, mas o resultado manteve-se inalterado até ao apito final. O empate acabou por ser um resultado justo, tendo em conta a forma como as duas equipas se entregaram em campo.

Este jogo destacou-se pela capacidade de reação do Benfica e pela qualidade individual de jogadores como Di María. Foi um momento importante na temporada encarnada e um exemplo do que a equipa é capaz de fazer mesmo perante momentos difíceis. Agora, o Benfica terá que continuar a trabalhar para melhorar o seu desempenho e garantir mais vitórias nas próximas jornadas da Liga.

Zahovic regressa às origens para ver o FC Porto

  1. Zahovic representou o FC Porto entre 1996 e 1999
  2. Zahovic afirmou que o FC Porto tem as pessoas certas nos lugares certos e vai continuar a ser um grande clube de sucesso
  3. Zahovic considera o Sporting, Benfica e FC Porto os principais candidatos ao título na próxima época
  4. Zahovic acompanhou o jogo entre Portugal e Eslovénia com o 'coração dividido' por ter jogado 12 anos em Portugal