David Neres disponível para a Supertaça? Roger Schmidt comemora decisão do TAD

  1. David Neres disponível para a Supertaça diante do FC Porto
  2. Tribunal Arbitral do Desporto aceita providência cautelar do Benfica
  3. Castigo de um jogo suspenso pelo Conselho de Disciplina

O Benfica terá o extremo David Neres disponível para o jogo da Supertaça contra o FC Porto, agendado para 9 de agosto. O treinador Roger Schmidt expressou a sua satisfação por ter todas as opções de jogadores e considerou a decisão do TAD como a correta.

Em conferência de imprensa, Roger Schmidt comentou: 'Estou feliz por ter todas as opções. O objetivo é termos todos os jogadores. Não estou atento aos media, mas creio que é a decisão certa.'

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) aceitou a providência cautelar interposta pelo Benfica, suspendendo o castigo de um jogo aplicado pelo Conselho de Disciplina ao extremo David Neres. O jogador tinha sido punido por 'ofensas à reputação e injúrias' ao jogador do FC Porto, Otávio, e ao jogador do Sporting, Pote, durante as comemorações do título do Benfica na época passada.

A decisão do TAD permite que David Neres esteja disponível para a Supertaça contra o FC Porto, uma importante competição que marca o início da nova temporada de futebol em Portugal. Com o extremo brasileiro apto para jogar, o Benfica terá mais opções e alternativas para enfrentar o adversário.

A Supertaça será disputada no Estádio Municipal de Aveiro, às 20h45, e promete ser um jogo emocionante entre os dois maiores clubes de Portugal. Com a presença de David Neres, o Benfica espera começar a nova temporada com o pé direito e conquistar um título importante.

Zahovic regressa às origens para ver o FC Porto

  1. Zahovic representou o FC Porto entre 1996 e 1999
  2. Zahovic afirmou que o FC Porto tem as pessoas certas nos lugares certos e vai continuar a ser um grande clube de sucesso
  3. Zahovic considera o Sporting, Benfica e FC Porto os principais candidatos ao título na próxima época
  4. Zahovic acompanhou o jogo entre Portugal e Eslovénia com o 'coração dividido' por ter jogado 12 anos em Portugal