Di María brilha e abre o marcador com um golaço

  1. Di María abre o marcador com um golaço aos 23 minutos de jogo

No confronto entre Al Nassr e Benfica, Di María mostrou mais uma vez o seu talento ao abrir o marcador com uma jogada de classe. Aos 23 minutos de jogo, o ataque encarnado protagonizou uma bela combinação entre o argentino e Rafa. Di María recebeu a bola do lado direito após uma rápida troca de passes entre os dois jogadores e deixou o defensor adversário no chão com um drible espetacular. Com muita categoria, o camisola 11 finalizou com uma 'picadinha', sem chances de defesa para o guarda-redes contrário.

Esse golaço de Di María não surpreende, afinal, estamos falando de um jogador com uma carreira recheada de momentos brilhantes. Além de ser campeão do Mundo com a seleção argentina, o extremo já vestiu a camisola do Benfica e teve passagens por grandes clubes como Real Madrid e Paris Saint-Germain.

A jogada que resultou no golo de Di María é um exemplo do entrosamento e da qualidade do ataque encarnado. Rafa, que fez a assistência para o argentino, também vem se destacando nesta pré-temporada, mostrando que pode ser uma peça importante no esquema tático da equipa.

Com este golo, Di María mostrou mais uma vez o porquê de ser considerado um dos melhores extremos da atualidade. A sua habilidade técnica, velocidade e capacidade de finalização fazem dele uma peça fundamental no ataque do Benfica. Os adeptos podem esperar grandes momentos protagonizados por este craque ao longo da temporada.

O jogo entre Al Nassr e Benfica foi uma oportunidade para a equipa portuguesa testar os seus jogadores e preparar-se para os desafios que terá pela frente. Di María, com o seu golaço, deu um importante contributo para a vitória da equipa, mostrando que está em excelente forma e pronto para brilhar.

Não há dúvidas de que este golo de Di María vai ficar na memória dos adeptos benfiquistas, que reconhecem a importância deste jogador para o sucesso da equipa. Com a temporada a aproximar-se, a expectativa é grande para ver o que mais o extremo argentino pode fazer em campo e como pode ajudar o Benfica a conquistar títulos.

Zahovic regressa às origens para ver o FC Porto

  1. Zahovic representou o FC Porto entre 1996 e 1999
  2. Zahovic afirmou que o FC Porto tem as pessoas certas nos lugares certos e vai continuar a ser um grande clube de sucesso
  3. Zahovic considera o Sporting, Benfica e FC Porto os principais candidatos ao título na próxima época
  4. Zahovic acompanhou o jogo entre Portugal e Eslovénia com o 'coração dividido' por ter jogado 12 anos em Portugal